Rua José Bonifácio, 663 - Sala 202 | Olaria | Cep 76.801-230 | Porto Velho - RO
Seg-Sex: 08:00 - 12:00-14:00 - 18:00

INJEÇÃO INTRAVÍTREA DE ANTIANGIOGÊNICOS

O uso de medicamentos antiangiogênicos (anti-VEGF) revolucionou a
oftalmologia nos últimos anos.
O procedimento é realizado com anestesia local (colírio) e assepsia e
antissepsia cirúrgica. A aplicação pode ser feita na clínica ou no
hospital, sendo que antes e após o procedimento, o paciente deverá
utilizar colírios por alguns dias.
Eficácia: muitos estudos importantes comprovam a eficácia do
Tratamento, tanto é que a ANS (Agência Nacional de Saúde) incluiu o
tratamento no ROL de procedimentos dos convênios, obrigando a
cobertura pelos planos de saúde, nos casos de DMRI úmida. Os
estudos que avaliaram sua eficácia para o tratamento da degeneração
de mácula pela idade, mostraram que é possível tratar esses
pacientes com ganho na acuidade visual. Outros estudos mais
recentes mostraram a eficácia desses medicamentos no tratamento da
retinopatia diabética (edema de mácula e proliferação neovascular) e
das oclusões venosas.
A Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo (SBRV) também validou o
tratamento, bem como outras organizações de saúde com importância
mundial. Os estudos acompanharam pacientes durante muitos anos e
por isso o tratamento é amplamente recomendado.