Rua José Bonifácio, 663 - Sala 202 | Olaria | Cep 76.801-230 | Porto Velho - RO
Seg-Sex: 08:00 - 12:00-14:00 - 18:00

Definição
Esta doença acomete crianças nascidas pré-termo, onde os vasos da
retina não se formaram completamente, ficando parte da retina
avascular. Em casos leves, ocorre resolução espontânea, porém, em
casos muito avançados, pode apresentar descolamento de retina e
inclusive cegueira total irreversível.

Diagnóstico:
Todo prematuro, com peso ao nascer menor que 1700g e/ou idade
gestacional no parto menor que 34 semanas, deve ser examinado
através do mapeamento de retina no berçário ou uti neonatal. Em
caso de alta hospitalar, o exame é realizado no consultório
oftalmológico. A data do exame deve ser em torno de 30 dias de vida.

Tratamento:
Na maioria dos casos a conduta é expectante, porém, se evoluir com
excesso de neovasos e a retina avascular persistir, a fotocoagulação /
retina – laser deve ser realizada com auxílio do oftalmoscópio
binocular indireto, sob anestesia (sedação).